NOTICIAS: Notícias do PROMOB-e

PROMOB-e

Novas publicações do PROMOB-e apresentam propostas de normas e regulamentos para a mobilidade elétrica brasileira

Foi utilizado como base o conteúdo coletado em três oficinas realizadas pelo projeto, além de entrevistas com especialistas e boas práticas internacionais
Crédito: Soninha Vill/GIZ
Crédito: Soninha Vill/GIZ

O projeto PROMOB-e traz mais duas novas publicações com a temática Normas e regulamentos para a mobilidade elétrica no enquadramento do Brasil: uma análise internacional e propostas de N&R para o contexto brasileiro e um sumário executivo desta análise. Ambas foram elaboradas pelo Instituto Brasileiro de Transporte Sustentável (IBTS) sob demanda da Cooperação Alemã, através da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH e do Ministério da Economia (ME).

A análise traz uma lista com sete propostas de N&R de mobilidade elétrica no Brasil, que servirão de referência para futuras discussões acerca da tecnologia e para a consolidação do setor. Para sua elaboração, baseado no conteúdo levantado em três oficinas do projeto com instituições de diversos setores, foi elaborado um benchmark internacional.

Considerando-se as características do Brasil e entrevistas com especialistas, as normas e regulamentos propostos contemplam as cinco áreas mais importantes segundo o levantamento feito nas oficinas: infraestrutura de recarga, interoperabilidade, avaliação de competências, emissões e logística reversa.

O documento ressalta ainda a importância de políticas de apoio à eletrificação da frota de transportes coletivos no país — com essa iniciativa, o país não apenas daria um passo rumo à redução da emissão de gases de efeito estufa, mas também à maior eficiência energética das cidades e segurança energética nacional. Táxis e outros veículos de alta intensidade de uso também são uma peça importante para a construção de um trânsito mais limpo por meio de soluções híbridas ou elétricas. Para ler mais estudos recentes sobre o tema, acesse as bibliotecas do PROMOB-e da PNME.

Leia também

Comentários (0) Postar comentário ›

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

Li e aceito os termos da Política de Privacidade.

Usamos o Akismet para a redução de spam. Saiba como seu comentário é processado.