NOTICIAS: Notícias Setoriais

O Globo

Bicicletas elétricas ganham espaço em cidades do interior e nas classes C e D

Crédito com parcelamento em até 48 vezes facilita as vendas, e bikes movidas a bateria viram opção para entregas
Crédito: Leo Martins/Leo Martins
Crédito: Leo Martins/Leo Martins

As vendas de bicicletas elétricas alcançaram 31 mil unidades no país em 2018, mais de dez vezes o registrado em 2010, quando estrearam no Brasil. Em quase duas décadas, foram vendidas 94 mil. Ainda restritas ao lazer de pessoas que podem pagar facilmente cerca de R$ 4 mil por um dos modelos, as magrelas com baterias começam a se popularizar. Com a comodidade de dispensar habilitação ou emplacamento, o baixo custo de manutenção e o surgimento de linhas de crédito, as bikes elétricas conquistam mais ciclistas em cidades do interior e nas classes C e D, que começam a descobrir as vantagens de ter aquele alívio nos pedais.

Para acessar a matéria completa, clique aqui.

Leia também

Comentários (0) Postar comentário ›

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

Li e aceito os termos da Política de Privacidade.

Usamos o Akismet para a redução de spam. Saiba como seu comentário é processado.