NOTICIAS: Notícias do PROMOB-e

PROMOB-e

PROMOB-e participa de missão técnica para avaliação de eletropostos na região Sul

Veículos da missão se conectaram sem problemas nas sete estações de recarga avaliadas
Crédito: Soninha Vill/GIZ
Crédito: Soninha Vill/GIZ

A frota de veículos elétricos no Brasil está em crescimento e é importante ter boa infraestrutura de recarga nos centros urbanos e nas estradas. Quem desconhece a tecnologia, imagina que não seja possível rodar por longas distâncias com um veículo a bateria, mas a missão para avaliar o Corredor Elétrico Sul, entre terça e quinta-feira (6 a 8 de novembro), mostrou os sinais positivos de que, em breve, será parte do cotidiano viagens interestaduais com veículos elétricos.

Técnicos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) e da Companhia Paranaense de Energia (Copel), com apoio do PROMOB-e, visitaram sete postos de recargas entre Curitiba (PR) e Florianópolis (SC), ao longo de 423km. O trajeto foi percorrido durante os três dias por dois carros, BMW i3 e BYD e6, para análise das condições da infraestrutura de recarga. Os resultados foram animadores: os carros fizeram o percurso com segurança e todos os eletropostos estavam em funcionamento.

As paradas para recarga e avaliação dos eletropostos foram feitas em Curitiba (PR), Joinville (SC), Araquari (SC), Porto Belo (SC) e Florianópolis (SC). Além do funcionamento dos pontos de recarga, foram verificados pela equipe critérios como a comodidade das instalações dos postos, visando maior conforto para o consumidor, e o rendimento das baterias.

Próximos passos

Os dados coletados pelos dois veículos elétricos que fizeram o percurso vão ser analisados pelos especialistas para avaliação de desempenho das baterias e dos eletropostos. Segundo Antonio Carlos Marques de Araújo, especialista em regulação da Aneel, a missão foi proveitosa, e as estações examinadas estão operacionais e em bom estado.

“Fizemos levantamento dos dois estados, e em todas as estações em que paramos os carros se conectaram. Deu para termos uma percepção clara do que seria a experiência do usuário ao longo do caminho e discussões emergiram sobre o aprimoramento da regulação nacional”, comentou. “Os veículos responderam bem a todo o trajeto e surpreendeu a regeneração da bateria: em trecho de descida de serra, o veículo ao final do trecho tinha mais carga na bateria do que no início”, lembrou.

Para finalizar a missão, em Florianópolis, a Celesc realizou um workshop sobre o projeto Eletropostos Celesc e com informações sobre o desempenho e mercado de veículos elétricos na atualidade. A empresa prevê que o corredor elétrico em Santa Catarina seja expandido e integrado com os estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul nos próximos três anos.

Leia também

Comentários (0) Postar comentário ›

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

Li e aceito os termos da Política de Privacidade.

Usamos o Akismet para a redução de spam. Saiba como seu comentário é processado.